string(7) "#ef8567" Saltar para o conteúdo principal Mapa do Site Ajuda de navegação e acessibilidade web

Os livros escolhidos pela Márcia e pela Ana

Biblioteca do Público
Interprete do espetáculo

Obrigado a todos!

Uma criança decide agradecer a todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, marcaram a sua vida. Dentre elas, sua família, vizinhos, professores e outras figuras do seu cotidiano. O livro sublinha a importância de reconhecer e apreciar os ensinamentos daqueles que nos rodeiam.

“Dentro do coração guardamos pessoas, lembranças dessas pessoas e por vezes histórias cheias de detalhes acerca de coisas que vivemos com essas mesmas pessoas.”

 

Quando a tristeza chama.

O livro trata do sentimento de tristeza a partir do ponto de vista de uma criança. Esta procura entender sozinha, sem a ajuda de adultos, os seus sentimentos e aprender a lidar com sua tristeza de uma forma mais natural.

“A tristeza faz parte da vida. Quando o coração fica triste é importante e saudável não o censurar. Conversar com a tristeza pode acalmar e aquecer o coração.” 

 

Hoje sinto-me.

O livro acompanha os sentimentos da personagem de A a Z. É um abecedário poético que liga as palavras às imagens pintadas a aguarela e a tintada-china.

“Podemos sentir tantas coisas diferentes. Podemos sentir coisas diferentes ao mesmo tempo. Que confusão. Saber identificar o que sentimos pode ajudar a perceber melhor o que fazer com o que se sente.”

 

A flor vai ver o mar

Este livro é um dos quatro que têm como personagem principal Flor-Maria Flor. É um livro poético, que brinca com as sonoridades das palavras.

“A amizade, a aventura e risco face ao que parece impossível alimenta um coração-coragem, um coração-selvagem.”

 

Porque bate o coração.

Neste livro, uma série de perguntas sobre o coração –seu funcionamento e sua importância para a vida – são respondidas de forma simples e ilustrada.

“O coração também é físico, anatômico, músculo, tendões, sangue, vasos, átrios… mesmo assim é poético.”

 

Márcia Lança

 

fotografia de Alípio Padilha