Saltar para o conteúdo principal Mapa do Site Ajuda de navegação
Dança

Um cravo que toca

Filipe Pereira
12 a 24 abril 2024
Duas mãos seguram um arranjo floral com um cravo vermelho ao centro

Informações técnicas

Escolas

12, 16, 17, 18, 19, 23 e 24 abril: 10h30

Famílias

13 e 20 abril: 16h30
14 e 21 abril: 11h30 e 16h30

Sessão descontraída

21 abril: 11h30

Classificação etária

M/6

Público-alvo

A partir dos 6 anos

Duração

40 min (aproximadamente)

Preço Escolas

€3 < 18 anos / €1 escolas TEIP / Acompanhantes isentos

Preço Famílias

€3 < 18 anos / €7 > 18 anos / Descontos aplicáveis

Espetáculo abrangido pelo Passe Cultura (em exclusivo na bilheteira do teatro)

Descrição

Semear a democracia é como semear uma flor, que temos de cuidar para depois colhermos as sementes - ou a Liberdade! - e assim podermos dançar como um cravo ao som de um cravo.

Sinopse

As flores tocam-nos de muitas formas: nos olhos com as suas cores vibrantes, no nariz com os seus perfumes, nas mãos quando as agarramos, nos ouvidos quando escutamos histórias sobre elas, e no coração quando simbolizam algo muito importante para nós.

 

Há 50 anos, um cravo tornava-se símbolo da revolução num país que começava a florescer. Semear a democracia é como semear uma flor, que temos de cuidar para depois colhermos as sementes – ou a Liberdade! – e assim podermos dançar como um cravo ao som de um cravo.

 

 

 

""

Incluído na programação Festas de Abril 2024

Informações artísticas

Criação
Filipe Pereira

Cocriação e interpretação
Daniel Pizamiglio e Filipe Pereira

Criação sonora
Miguel Ferreira

Cenografia
Filipe Pereira

Figurinos
Filipe Santos

Direção técnica
Joana Mário

Coprodução
LU.CA – Teatro Luís de Camões

Apoio à criação
Materiais Diversos

Produção Administrativa
Associação Parasita

Residências Artísticas
Centro Cultural de Monsanto, Antese - atelier de flores