Pensamento Conferências

Mini-Conferência para Miúdas e Miúdos Curiosos sobre o Racismo

Rita Pedro
24, 25 novembro

Mini-Conferência para Miúdas e Miúdos Curiosos sobre o Racismo

Bilhetes

Informações técnicas

Para famílias 24, 25 nov 16:30
Para escolas 22, 23 nov 10:30
Sugestão etária +8
Duração 40'
Preços €2

Mini-Conferência para Miúdas e Miúdos Curiosos sobre o Racismo

O que é o racismo? (Hadhi Yatou)

Qualquer um de nós pode vir a ser racista? (Ariana)

Sou diferente? Como é que eu sei que sou diferente? (Valéri)

Manifestar-se na rua contra o racismo serve para alguma coisa? (Inês)

Porque é que há pessoas que se acham melhores do que as outras? (Kris)

Porque é que há famílias que mudam de país? (Maria)

Quando vou para casa do meu amigo em França sou estrangeiro? (Rui)

Podemos julgar alguém sem conhecer essa pessoa? (Omar)

 

Mostrar-se curioso, colocar perguntas, querer compreender faz parte da infância. A batota não é possível com as questões das crianças, muito menos quando estas denotam uma complexidade filosófica que lhes é espontânea e natural. Pretende-se, em primeiro lugar, ir ao encontro das perguntas colocadas pelos mais novos para, através destas, abrir espaço a uma reflexão crítica sobre o racismo.
Enquanto ato educativo contra o racismo, esta mini-conferência, conduzida por Rita Pedro, passa também por uma tomada de consciência: não nascemos racistas, tornamo-nos racistas. É necessário desconstruir preconceitos, tomar consciência daquilo que nos condiciona e esclarecer algumas palavras difíceis como xenofobia, discriminação, melanina, escravatura, apartheid e preconceito.

 

Rita Pedro é mestre em Filosofia pela Universidade Nova de Lisboa sob a orientação do filósofo José Gil. Colabora no laboratório de pesquisa em Filosofia Prática e Aplicada da Universidade de Egeu. Desde 1999 desenvolve projetos de Filosofia com Crianças (FcC) e trabalha nessa área como formadora e animadora. Coordenou projetos de FcC dirigidos a crianças e jovens em contexto de migração, na Associação Moinho da Juventude (2006-2010). Em Cabo Verde, desenvolveu trabalhos de pesquisa em torno da prática de FcC em contexto comunitário (2009- 2011). Desde 2012, trabalha em parceria com vários artistas, atores e bailarinos na cocriação e animação de experiências artísticas e filosóficas, nomeadamente com a Sílvia Real, no Grupo 23 Amarelo: Silêncio.

 

Fotografia: LU.CA/Alípio Padilha

 

 

Informações artísticas

Apoio à dramaturgia Maria Gil
Uma encomenda Teatro Maria Matos