string(7) "#ef8567" Saltar para o conteúdo principal Mapa do Site Ajuda de navegação e acessibilidade web
Teatro Conferência

Aventuras de João Sem Medo (Mil-folhas)

Alexandre Vieira
14 a 17 de dezembro 2021
© Math is Good Studios

Informações técnicas

Informações e reservas escolas@lucateatroluisdecamoes.pt
Escolas 14 a 17 dezembro (manhãs)
Classificação etária M/12
Público alvo A partir dos 12 anos (3.º ciclo)
Duração 60 min.
Preço €1,5 (preço único)
Espetáculo inserido no projeto Mil Folhas
Temáticas de orientação curricular Linguagens e textos
Informação e comunicação
Pensamento crítico e pensamento criativo
Relacionamento interpessoal
Desenvolvimento pessoal e autonomia
Sensibilidade estética e artística

Exercer o espanto como conquista diária: é o desafio que João Sem Medo nos lança.

É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir.
Exercer o espanto como conquista diária: é o desafio que João Sem Medo nos lança. E é também sem medo e de livro bem aberto que mergulhamos nesta história com tantas aventuras escondidas.

 

 

Alexandre Vieira
Alexandre Vieira Fernandes nasceu em 1998, em Coimbra. Viveu na Figueira da Foz mas foi na cidade de Coimbra que, aos 15 anos, começou a sua formação artística com um curso profissional de interpretação, no Colégio São Teotónio. Após terminar o secundário avança para o curso de atores da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC) onde conclui a Licenciatura no Ramo Atores. A sua Licenciatura terminou com o projeto independente (EDDIE), que residiu artisticamente no Instituto Grotowski, na Polónia, em março de 2019, e estreou meses depois no Teatro da Comuna. Em 2021 participou no Festival Cyrkulacje, onde integrou workshops dirigidos por Pawel Konior, Iwona Olszowska e Alicja Miszczor. Em cinema fez figuração especial em “Le Divan de Staline”, de Fanny Ardant e em “Pedro e Inês”, de António Ferreira.

 

Há livros doces, como mil-folhas. E há outros que, à primeira vista, parecem ser amargos. O LU.CA escolheu livros que crescem connosco para mergulhar dentro deles. Obras que estudamos na escola, de autores incontornáveis e que fazem parte da nossa vida desde cedo. A esta ideia chamámos Mil-folhas.

 

 

 

 

 

 

Informações artísticas

Interpretação Alexandre Vieira
Criação e Coordenação Artística Mil-folhas 2021/22 Leonor Barata
A partir do livro de José Gomes Ferreira