string(7) "#ef8567" Saltar para o conteúdo principal Mapa do Site Ajuda de navegação e acessibilidade web
Leitura

Ninguém podia imaginar…

Leituras Encenadas, com Ana Ventura
23 e 24 de abril

Informações técnicas

Entrada gratuita, limitada à lotação da sala e mediante reserva prévia através do email bilheteira@lucateatroluisdecamoes.pt até 21 de abril (levantamento de bilhete no dia anterior ao espetáculo)
Número máximo de participantes: 28
23 de abril, 18h
24 de abril, 10h30 e 11h45
Espaço Sala do LU.CA
Classificação etária M/3
Temática adequada ao Pré-Escolar e 1.º ciclo
Duração 25 min.

Ninguém podia imaginar.

Aquele lápis azul só tinha uma vontade: acabar com a felicidade! Por causa dele houve um tempo em que tudo ficou cinzento. Não se escrevia palavra, nem se cantava. Hoje era sempre triste.

Até que uma manhã ainda de madrugada…

 

Inspirada por dois livros de autores portugueses sobre o tema e outros ainda, Ana Ventura traz a memória do 25 de Abril ao público mais infantil.

 

 

Os livros:

O Tesouro 
Manuel António Pina c/ ilustração Pedro Proença, Assírio & Alvim

Era uma vez um cravo
José Jorge Letria c/ ilustração André Letria, Câmara Municipal de Lisboa

 

Ana Ventura

Editou o primeiro livro infantil em 2006 (“O Bicharoco que era Oco”). Desde então, elabora sessões encenadas para a infância que leva sobretudo à rede escolar e bibliotecária. O resultado é entusiasmado e tem vindo a ganhar solidez de ação desde que, como autora, mergulhou na vida da mediação com uma missão: contribuir para dar ao público mais novo uma forma cativante de assimilar os conteúdos do mundo apelando ao livro e à leitura.