string(7) "#ffb408" Saltar para o conteúdo principal Mapa do Site Ajuda de navegação e acessibilidade web
Dança

A Preguiça Ataca?

Aldara Bizarro
14 a 23 outubro 2022

Informações técnicas

Escolas 14, 18, 19, 20, 21 outubro: 10h30
Famílias 16, 22 e 23 outubro: 16h30
Conversa após o espetáculo 16 outubro
Sessão descontraída 23 outubro
Classificação etária M/12
Público alvo A partir dos 12 anos
Duração 60 min
Preço Escolas €3 < 18 anos / €1 escolas TEIP / Acompanhantes isentos
Preço Famílias €3 < 18 anos / €7 > 18 anos / Descontos aplicáveis

Um espetáculo para jovens, poético e muito divertido, que se desenvolve em torno da preguiça.

Quando somos crianças, a preguiça acaba quando nos espreguiçamos, e só regressa quando estamos exaustos da brincadeira. Quando somos adultos, a preguiça envergonha-se perante o trabalho que se avoluma, e ninguém quer admitir que a sente. Quando estamos a meio do caminho, o tempo saboreia-se, e o que pode ficar para amanhã, fica suspenso na doçura de um bocejo.

 

A Preguiça ataca? é um espetáculo de dança, interpretado por uma bailarina e um bailarino, que se desenvolve em torno da preguiça. Fez-se a pergunta que dá nome ao espetáculo, a um conjunto de pessoas com profissões distintas – um biólogo, uma ilustradora, um político, uma coreógrafa, um bailarino, uma ativista, uma atleta, e outras – e é a partir das suas respostas, na lenta sugestão dos aspetos da preguiça, como a vontade, o cansaço e o prazer, que se criou esta peça para jovens, poética, paradoxal e muito divertida.

 

 

 

Informações artísticas

Conceção e direção Aldara Bizarro
Interpretação Ana Silva e Hugo Cabral Mendes
Interpretação original Ainhoa Vidal e Alban Hall
Música Original Vítor Rua
Vídeo João Pinto
Desenho de luz Carlos Ramos
Apoio na área da Filosofia Dina Mendonça
Fotografia António Rebolo e Edmea Brigham
Administração  Horta Seca Associação Cultural
Apoio Fifanta
Vídeo Alfredo Saramago, Ana Merelo, Adelino Tavares, Alberto Pimenta, Catarina Molder, Clara Andermatt, Fernando Rosas, Francisco José Viegas, João Pombeiro, Jorge Palmeirim, Lígia Pereira, Maria José Alves, Miguel Pereira, Natália Pais, Sr. Nuno e Pedro Cabral
Coprodução Jangada e Centro Cultural de Belém / CPA
Apoio DGArtes